sábado, 8 de outubro de 2011

Cabo Verde falha CAN 2012


Cabo Verde falhou a CAN 2012 mas eu ainda acredito. Acredito que temos staff capaz de nos levar aonde quisermos, temos equipa de enfrentar qualquer equipa do mundo.
Estivemos perto de fazer historia mas infelizmente não foi desta que a selecção Cabo-verdiana de futebol foi para o campeonato de África das Nações. Apesar da vitoria dos “Tubarões Azuis”  2-1 frente ao Zimbabwe no Estádio da Várzea não dependia de nos passar ou não, mas sim de uma vitoria da Libéria frente ao Mali mas isso não aconteceu pois o resultado foi 2-2.

Houve festa por falta de informação mas tudo não passou de um mal-entendido.
Logo apos o jogo algum engraçadinho informou a Radio de Cabo Verde (RCV) que a Libéria tinha vencido o Mali por 2-1 (mas no momento era a Libéria que perdia por 2-1). Confusão total com jornalistas dizendo que estávamos na CAN (dizendo que depois confirmavam mas estava quase certo), adeptos (no estádio) eufóricos, mas como alegria de pobre dura pouco tudo não passou de um mal-entendido. Ate o seleccionador sabia que o resultado era de 2-2 mas os media (RCV, TCV e Sapo.cv) não sabiam informar. Os que estavam no Facebook (Grupo Desporto Cabo-verdiano) souberam do resultado do outro jogo mas não havia meio de informar aos desinformados que estavam a fazer o seu serviço no estádio.

Ignorantes                                                                       
Sempre que uma equipa perde a culpa é sempre do treinador mesmo se os jogadores tivessem jogado como amadores a culpa é sempre do mister, neste caso vencemos mas as pessoas culpam o Lúcio Antunes pela não-qualificação dos “Tubarões Azuis“. Nos nunca fomos favoritos do grupo A pois o favorito era o Mali, mas sempre tivemos um pingo de esperança que iríamos passar, mas os ignorantes que só falam das outras selecções culparam Lúcio, Beto, Bubista e companhia de não passarmos.
Tenho 20 anos e do pouco que vive nunca vi a selecção tao forte, nunca vi um staff tao bom como este, nunca vi jogadores tao fortes (meu favorito é o Ryan Mendes). Cabo-verdianos que pensam de maneira estupida não falem a toa. Se eu fosse presidente da federação cabo-verdiana de futebol continuava a apostar nesta equipa técnica pois merecem a confiança dos cabo-verdianos.

O Tubarão morreu na praia?
Não, nunca. Temos CAN 2013, temos mundial 2014, temos muito para jogar, muito para sofrer, muito para sorrir.
O Dtudo1Pouco na tristeza, na alegria é sempre CABO VERDE