domingo, 11 de setembro de 2011

11 de Setembro - 10 anos depois

Tinha eu 10 anos na altura e podia ser um dia normal mas infelizmente não foi. Como tinha o habito de assistir o Jornal da Tarde da RTP esse dia fatídico me marcou pelo simples facto de não ser um jornal normal com varias noticias incluindo desporto (o verdadeiro motivo de estar ali sentado) mas sim de a apresentadora estar a dar a noticia que um avião colidiu com uma torre em Nova York. Vi em directo o embate do segundo avião e o que mais me assustou foi a queda da primeira torre. Com dez anos vi em directo uma das piores imagens que alguém podia ver, esta sentado com os olhos fixos na RTP África e via imagens assustadoras. As noticias diziam: "Ataque terrorista em Nova York a duas torres gémeas". Daí em diante a noticia se espalhou como uma bomba e o mundo inteiro já sabia do sucedido.





                                                        










O que de facto aconteceu? 
Na manha do dia 11 de Setembro quatro aviões comerciais foram sequestrados pelos terroristas, dois destes colidiram com as torres gémeas conhecidas por Word Trade Center que fica em Manhattan, Nova York. O terceiro avião tinha como alvo, pelos sequestradores, o pentágono, no condado de Airlington no estado de Virgínia. O quarto avião teve os destroços sido encontrados num campo próximo de Shanksville, Pensilvânia.  Os atentados causaram no total de 3234 pessoas e o desaparecimento de 24. 

1º avião (Voo 11)
Às 7:59 o voo 11 levantou do Aeroporto Boston Logan. Às 8:20 o voo 11 parou de emitir o sinal de transponder e mudou de rota. Às 8:28 o controle aéreo viu o avião fazer um curva de 100 graus em direcção ao sul. Às 8:46 o voo 11 colidiu com a Torre Norte do WTC sem ser interceptado. 

2º avião (Voo 175) 
O voo 175 saiu de Boston Logan com 16 minuto de atraso à hora prevista. Às 8:42 saiu da rota planeada e começou a dirigir-se para sul. Às 9:03 um Boeing 767 colide com a Torre Sul.
O impacto foi 43 minuto depois do voo 11 se ter desviado da rota, 21 minutos depois do voo 175 ter saído da rota e 17 minuto após o impacto com a 1ª Torre.
No entanto este avião NÃO foi interceptado.



3º Avião (Voo 77)
O American Airlines Voo 77 é o avião que terá embatido com o Pentágono. Um Boeing 757-223 num voo desde Dulles até Washington.
Às 8:20 levantou voo do Dulles International Airport com 10 minuto de atraso. Às 8:46 desviou-se severamente da rota.
Às 9:38 um avião executa uma manobra pouco comum e embate contra o Pentágono, num dos eventos mais controversos e mais explorados pelos "hoax". O impacto foi 83 minuto depois do voo 11 sair da rota, 58 minuto depois do impacto com a torre norte, 40 minuto depois do impacto com a torre sul.
No entanto este avião NÃO foi interceptado e voou sobre o espaço aéreo mais protegido de todos os EUA.  

4º avião (Voo 93) 
Caiu em uma área rural perto de Shanksville, Pensilvânia às 10:03, depois de os passageiros terem tentado retomar o controle do avião dos sequestradores. Acredita-se que a meta final dos sequestradores seria o Capitólio (sede do Congresso dos Estados Unidos) ou a Casa Branca 




Conspiração
Algumas pessoas não acreditam que os aviões tivessem força suficiente para derrubar duas torres. Estas pessoas acreditam que foram colocadas explosivos no interior dos prédios para que estas explodissem no momento do impacto dos aviões, isto logo leva a crer que os Estados Unidos sabiam muito antes que o 11 de Setembro iria acontecer.




Estragos: 

  • As contas do Estados Unidos da América perderam cerca de 14 milhões de dólares (sector privado), o governo estadual perdeu 1,5 mil milhões e o governo federal cerca de 0,7 mil milhões;
  • Mais de 200 mil postos de trabalho foram destruídos;
  • Os custos de remoção dos destroços terão atingido o valor de 11 mil milhões de dólares
  • Destruição total de duas torres contendo 110 andares cada, vinte e cinco edifícios ficaram destruídos ou danificados.


  Memorial
No Word Trade Center será erguida uma Reflecting Absence (Ausência Reflectida) com seis quilómetros que incluirá sete edifícios, uma praça, dois tanques e um parque de estacionamento, um projecto que será realizada pelos arquitectos Michael Arad e Peter Walker.
No lugar das torres serão erguidos dois tanques cujas paredes de bronze estarão gravados os nomes das vitima. O memorial também contará com uma grande praça - Praça do Memorial - que será adornada com mais de 400 carvalhos, entre os quais, o "sobrevivente", a única árvore que resistiu aos atentados de 2001.



10 anos depois o que tenho a dizer? Nada só ver as imagens que dentro de minutos (horas) as televisões irão mostrar recordando este dia factidico
video