terça-feira, 20 de setembro de 2011

“Miúdo maravilha” é de nos mas ate quando?


Depois de ser “descoberto” pelo jornalista Marco Rocha o cabo-verdiano Rúben Borges que joga nos juvenis do Chelsea FC volta a ser destaque no site “Jornal Desportivo Online”. 

O referido jornal afirma que o jovem extremo de 16 anos possui de um talento inegável, destacando a sua história e os seus objectivos: “O próximo objectivo de Ruben passa agora por ser convocado pelo português André Villas-Boas para começar a treinar junto do plantel dos 'blues', uma meta complicada que apenas chegará no final de várias épocas de esforço que poderão no fim ter significado, dado o encanto que provém do grupo principal do clube inglês, onde se encontram vários craques de classe mundial que a médio/longo prazo poderão receber a companhia da promessa cabo-verdiana.”

Rúben Borges ao que tudo indica tem talento para brilhar no futebol inglês mas será que também brilhará na selecção de Cabo Verde ou vai escolher a selecção inglesa? São vários os exemplos disso e Cabo Verde poderá perder uma estrela sem mesmo a ter pois a Federação Cabo-verdiana de Futebol não anda a investir no que é nosso e isso não é bom para o nosso futebol pois já perdemos vários jogadores para outras selecções. A história poderá vir a repetir-se… ou não.  

ACORDEEEEMMMMMMMMM
O nosso futebol esta a evoluir dia a dia e só com o nosso (FCF) empenho ele vai para frente, eu (selecção de Cabo Verde) quero ir a CAN e ao mundial.