sábado, 28 de abril de 2012

Marco Soares rescindiu com a União de Leiria

Não só o internacional cabo-verdiano rescindiu com os Leirienses mas também 15 colegas fizeram o mesmo. Os 16 jogadores, que restaram pois cinco já o tinham feito, assinaram a rescisão colectiva do contrato que os ligava ao clube. A causa da rescisão quatro meses de salário em atraso.



Após uma reunião com o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, que durou cerca de cinco horas os jogadores decidiram por fim ao contrato que os ligava ao clube.


A União de Leiria joga domingo com o Feirense e se a equipa não comparecer imediatamente desce de divisão  (lembrando que a União esta no ultimo lugar do campeonato) e será multada com o valor a rondar os 50 mil euros.


Marco Soares, como capitão falou a imprensa dizendo: "Depois de várias horas, aguentámos até à última e nada foi resolvido. A proposta para o pagamento dos três meses de salários foi insuficiente", declarou o internacional cabo-verdiano, que está no clube desde 2006.