quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O cabo-verdiano reclama de quê?

Recebi isto por email e no fim pediam para reenviar por email mas como hoje em dia ninguém (poucos) lêem os email resolvi publicar porque na sua maioria é a mais pura verdade. 


"Estamos Reclamando do Veiga? do José Maria Neves? Do Pedro Pires? do José Maria Veiga? do Filú? do Gualberto? do Orlando Sanches? do Orlando Dias? do Ministério Publico? Da Ministra da Justiça? Dos Tribunais ? Dos Autarcas do País? da Cristina Duarte? do Jorge Santos? da Maioria dos deputados no Parlamento? ou de outro canalha qualquer?

O cabo-verdiano é assim:

A- Coloca nome em trabalho que não fez.

B- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.

C- Paga para alguém fazer seus trabalhos.

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas;

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas;

3. - Suborna ou tenta subornar quando é apanhado cometendo uma infracção;

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até placas dentárias;

5. - Fala no telemóvel enquanto conduz;

6. - Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o telemóvel dos amigos (me dá um toque que eu retorno...) - assim o amigo não gasta nada;

7. - Conduz pela direita e pelos passeios nos engarrafamentos;

8. - Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas;

9. - Viola a lei do silêncio;

10. - Conduz bêbado;

11. - Fura-filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas;

12. - Deita  lixo nas ruas, nas calçadas nos jardins;

13. - Usa atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho;

14. - Usurpa"  luz, água e tv a cabo;

15. - Regista imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos;

16. - Compra recibos para abater na declaração das finanças para pagar menos imposto;

17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 1.000$00, pede o recibo de 2.000$00;

18. - Comercializa objectos doados nas campanhas de catástrofes;

19. - Estaciona em espaços exclusivos para deficientes;

20.. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado;

21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata;

22. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca;

23. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do autocarro, sem pagar passagem;

24. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objectos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... papel higiénico, sabonetes, pepel para impressoras, como se isso não fosse roubo. Imprime documentos e fotografias de seus filhos e amigos nas impressoras de trabalho;

25. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado;

26. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem;

27. - Quando encontra algum objecto perdido, na maioria das vezes não devolve;

E quer que os políticos sejam honestos....

Escandaliza-se com a corrupção dos políticos, o dinheiro das  cartões de credito, das despesas nas passagens aéreas e da estadia no estrangeiro...

Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não?

O Cabo-verdiano reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adoptarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!


"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos...."

Eu podia não fazer este artigo mas após ler tudo isto... é a mais pura verdade.

CABO-VERDIANO MESTE MUDA