sábado, 26 de janeiro de 2013

Conheça os Palancas Negras e descubra se é ou não fácil vencer os angolanos

A Selecção de Cabo Verde tem amanha um importante jogo contra Angola o que poderá ditar ou não a passagem dos Tubarões Azuis que tem pela frente os Palancas Negras. 


Saiba mais sobre os angolanos numa analise de Amandio Brito: 

Neste Domingo a nossa selecção vai fechar as contas do grupo A da CAN 2013 contra os Angolanos, os nossos Tubarões Azuis só dependem de si para passar, com uma vitoria a passagem automática a próxima fase, e com um empate  terá que que esperar uma vitoria dos sul-africanos contra os marroquinos. 

Tubarões Azuis contra Palancas Negras, uma partida que se espera ser emocionante pela rivalidade existente no futebol entre as duas nações. Os palancas Negras  que comandos pelo uruguaio Gustavo Ferrin estão em maus lençóis, pois estão no ultimo lugar do grupo com apenas um empate e uma derrota, e se quiser continuar na competição terá que vencer Cabo Verde e esperar que Marrocos não vença a África do Sul. 

Os Angolanos apresentam no CAN com uma selecção recheada de jogadores residentes no campeonato local- No Primeiro jogo com uma exibição razoável conseguiram um empate frente aos marroquinos, já no segundo jogo contra os sul-africanos Angola mostrou varias debilidades no sector do meio campo e da defesa, Dede e Pirolito que faziam dupla do meio campo não chegavam para todos os problemas originados pelos sul-africanos. No meio campo com os laterais Miguel e Lunguinha a serem autenticas auto-estradas, numa equipa onde vê se claramente uma falta de coesão e jogo colectivo, na frente de ataque Manucho e Guilherme Afonso estavam desamparados pois as bolas não chegavam, Geraldo e Mateus que tinham a Função de organizar o jogo de angola não conseguiam desembaraçar dos defensores sul-africanos, numa selecção de Angola onde não há um modelo e fio de jogo bem definidos, numa Angola onde figuras outrora importantes como Djalma ou ate mesmo Gilberto começaram a CAN no banco de suplentes. 

Apesar disso não vai ser fácil porque entre cabo-verdeanos e angolanos sempre vai haver um motivação extra para tentar levar de vencida numa competição tão importante como é o CAN. Os nossos Tubarões azuis se entrarem no jogo com humildade e com a personalidade dos últimos dois jogos podem sim sonhar com um bom resultado e a tão desejada passagem aos quartos-de-final do CAN, é importante pensar este jogo e os seus momentos , Angola vai ter que ganhar si quiser passar , e nos podemos tentar gerir toda a pressão existente do lado de Angola e jogar a nosso favor. Quanto a Mexidas nos onzes , Gustavo Ferrin devera mexer no meio campo e algumas posições da defesa que estiveram menos bem no segundo jogo , e quanto a Selecção de Cabo Verde dificilmente Lúcio mudará o onze. 

O jogo é as 17h (horário de Lisboa) e tem transmissão no DTudo1Pouco TV