domingo, 20 de janeiro de 2013

Os Tubaroes Azuis não comeram a 'Bifana' mas mostraram que a 'Cachupa' é rica

A selecção de cabo Verde na sua estreia conseguiu um empate frente a anfitriã África do Sul, o resultado foi 0-0 mas os Tubarões Azuis mostram que não estão a passear no CAN.

Era o jogo mais esperado pelos cabo-verdianos pois era a estreia na Copa de África das Nações e para o primeiro jogo e perante o nervosismos dos jogadores no inicio pode-se dizer que foi um bom resultado.

Antes do inicio da partida aconteceu a cerimonia de abertura no estádio Soccer City


Lúcio Antunes fez alinhar o seguinte onze: Na baliza como era de se esperar fez alinhar Vozinha que mostrou como sempre segurança entre os postes, o quarteto defensivo Lúcio fez alinhar Nivaldo na esquerda, Fernando Varela e Nando no centro e Carlitos na direita. No meio campo já era de se esperar Toni Varela, Marco Soares no centro, jogando nas alas Babanco e Platini tendo a frente ficado com Ryan e Heldon. De referir que Cabo Verde não jogou com um ponta de lança fixo.

Ficha do jogo:
África do Sul: Itumeleng Khune; Anele Ngcongca, Bongani Khumalo, Siyabonga Sangweni, Thabo Matlaba, Kagisho Dikgacoi (Lerato Chabangu), Reneilwe Letsholonyane, Thuso Phala, Siphiwe Tshabalala (Thulani Serero); Lehlohonolo Majoro (Katlego Mphela), Bernard Parker.
Treinador: Gordon Igsund
Cabo Verde: Vozinha, Carlitos, Fernando Varela, Nando, Nivaldo, Babanco, Marco Soares, Platini (Júlio Tavares), Toni Varela, Heldon (David Silva), Ryan Mendes (Roni)
Treinador: Lúcio Antunes

Árbitro: Haimoudi Djamel (Argelia). Auxiliares: Yeo Songuifolo (Costa do Marfim) e Kazanga Fekicien (Ruanda)

As equipas entraram no campo e era hora de ouvir os hinos:
Cabo Verde entrou no jogo nervoso logo no inicio tendo perdendo algumas bolas, mas a equipa com a ajuda de Nando acalmou-se e começaram a jogar de facto a bola quando aos 14 minutos Platini falha um golo quando rematou ao lado da baliza do guarda-redes adversário. Outro lance de perigo foi protagonizado por Ryan Mendes aos 44 minuto quando este rematou perigosamente após um canto.

Cabo Verde na primeira parte teve 53% posse de bola e fez mais remates que a África do Sul: 6-3.

Na segunda parte a África do Sul entrou mais forte e pressionou mais tendo Vozinha mostrado aquela segurança de sempre defendendo tudo.



Lúcio Antunes na conferencia de imprensa gostou do que viu: “O jogo contra a África do Sul já passou, agora importa preparar o jogo com Marrocos, para tentarmos pontuar. Hoje, os jogadores foram fantásticos, a equipa esteve muito bem, e estamos felizes com isso. Tivemos as melhores ocasiões de golo e o nosso primeiro objectivo, de não perdermos o primeiro jogo, está conseguido. Estou feliz por Cabo Verde, um pequeno país de cerca de 500.000 pessoas, mas um grande país, um povo humilde que trabalha” 

Após o final do jogo a alegria dos cabo-verdianos no estádio era grande
Comentário de Cardoso da Silva:

No outro jogo do grupo Angola e Marrocos empataram a zero bolas.

Em Cabo Verde só mesmo em cima da hora é que a TCV conseguiu transmitir o jogo e vai transmitir todos os jogos do CAN.