segunda-feira, 23 de julho de 2012

Eles foram génios mas antes disso tiveram os seus problemas na escola

Todos nos já tivemos problemas na escola, ate os grandes génios que já vieram ao mundo tiveram a sua zanga com a escola.

Aos quatro anos quem diria que Albert Einstein seria um génio da Matemática e da Física? Ate aos quatro anos ele não era capaz de falar mas o pior é que não escola ele não era feliz, era incompreendido pelos professores que o descreviam-lo como uma criança lenta, anti-social e sonhador. Ele tinha dificuldades na aprendizagem mas tornou-se um génio da matemática pois aos 10 anos começou a estudar sozinho com apoio do tio Jacob o que o tornou bom em matemática e física. 

Sir Issac Newton foi um cientista, génio da física e matemática mas na escola não se destacava, era um aluno mediano, ate quando foi agredido por um colega que quis brigar com ele (não sabia o que estava a pedir). Newton atacou-o, humilhou, esfregou o rosto do rapaz contra a parede o que obrigou o colega a implorar para que parasse. A partir daquele dia Newton resolveu ser o melhor aluno da turma e conseguiu. 

Galileu Galilei era um excelente aluno na escola dominical mas quando seu pai o obrigou a inscrever-se na Universidade de Pisa para ser medico a coisa deu para o torto. Foi um péssimo aluno durante dois anos o que levou-o a desistir da medicina. Deu aulas em Florença para conseguir sobreviver.
Em toda a vida Abram Lincoln não foi a escola mais do que um ano no total, aprendeu a ler e a escrever com a madrasta e sozinho começou a estudar em casa.