terça-feira, 10 de julho de 2012

O artista Johnny Fonseca foi preso duas vezes injustamente na Holanda

O artista cabo-verdiano radicado na Holanda foi confundido com um criminoso que assassinou uma pessoa o que levou a policia de Roterdão a prender Fonseca.


Na quarta-feira passada a policia e membros da SWAT invadiram a casa do musico com armas na mão porque confundiram a matricula do carro com a do assassino. Logo tornou-se evidente que houve um engano. 


Johnny Fonseca foi novamente preso onde viu armas apontadas a si por policias quando este estava no seu carro com a sua irmã. Novamente engano mas culpa da policia que não retirou a matricula do artista do sistema de carros suspeitos. 


A policia já pediu desculpas dizendo que foi um erro grave da parte deles, enquanto isso o artista esta apreensivo porque pode acontecer uma terceira vez a sua prisão de forma indevida por um crime cometido por outra pessoa.  


O verdadeiro suspeito do crime é Jeffrey Carel Kroes que esfaqueou uma mulher numa rua de Roterdao e que ainda não foi preso.


Johnny Fonseca é guitarrista foi um dos fundadores do grupo Livity e já foi considerado um dos melhores guitarristas lusófonos e vive actualmente na Holanda.